Regiões Produtoras

PAÍSES PRODUTORES

produção mundial de café

OS GIGANTES CAFEEIROS

O café é originário da Etiópia, país localizado na parte central do continente africano. Porém, os maiores propagadores da cultura do produto pelo mundo foram os árabes. Graças a eles o café chegou à Europa no século XIV, mas foi somente por volta de 1615 que ele começou a ser amplamente consumido pelos europeus. Até então apenas os árabes dominavam as técnicas de cultivo.

Alemães, franceses e italianos buscavam a todo custo o conhecimento dos segredos da planta, porém foram os holandeses que os descobriram, cultivando suas mudas nas estufas do Jardim Botânico de Amsterdã. Após isso, o café, finalmente, tornou-se um hábito na cultura européia.

O crescente mercado consumidor europeu propiciou a expansão do plantio de café em países africanos e a sua chegada ao Novo Mundo. Pelas mãos dos colonizadores, o café chegou ao Suriname, em São Domingos, em Cuba, em Porto Rico e nas Guianas. Foi por meio das Guianas que chegou ao norte do Brasil. Desta maneira, o segredo dos árabes se espalhou por todos os cantos do mundo.

Os maiores produtores mundiais de café são Brasil, Colômbia, México, Guatemala, Indonésia, Vietnã, Costa do Marfim, Índia, Uganda e Etiópia. O Brasil é líder mundial nas exportações do produto com cerca de 32% do mercado internacional. Em relação ao mercado consumidor, somos o 2° país do mundo, atrás apenas dos EUA.

ONDE É PRODUZIDO O CAFÉ BRASILEIRO

No Brasil, seis estados se destacam na produção nacional de café:
Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Espírito Santo, Bahia e Rondônia.

Principais Regiões

(80% Arábica e 20% Robusta)

Regiões produtoras de Arábica:
Planalto Conquistense, Chapada Diamantina, Brejões, Barreiras, Luiz Eduardo Magalhães.

Região produtora de Conilon:
Atlântico Sul.

(20% Arábica e 80% Robusta)

Região Norte do Estado:
Pela topografia e altitude inferior a 400 m, é produtora de conilon.

Região Sudoeste do Estado:
Com altitude superior a 400m. É produtora de arábica.

(98% Arábica e 2% Robusta)

Sul de Minas (Com dois centros de comercialização e produção):
Varginha (em um raio de 100km);
Guaxupé/São Sebastião do Paraíso (em um raio aproximado de 100km).

Zona da Mata:
Manhumirim, Manhuaçu, Caratinga e municípios circunvizinhos.

Cerrado:
Patrocínio abrangendo um raio de mais ou menos 100km.

(100% Arábica)

Norte Velho:
Ribeirão do Pinhal, Santo Antonio da Platina, Ibaiti, Jacarezinho.

Norte Novo:
Rolândia Astorga, Cornélio Procópio, Londrina.

Vale do Ivaí:
Ivaiporã, Mandaguari, Apucarana, Campo Mourão.

Arenito:
N. Londrina, Cianorte, Maringá, Paranavaí, Umuarama.

(90% Robusta)
(100% Arábica)

Mogiana:
Franca, Altinópolis, Pedregulho, Espírito Santo do Pinhal.

Alta Paulista:
Garça, Marília, Vera Cruz.

Sorocabana:
Avaré, Piraju, Fartura, Santa Cruz do Rio Pardo.

Porcentagem por Estado

Minas gerais49%

Espírito Santo17%

São Paulo13%

Paraná7%

Bahia6%

Rondônia5%

Fonte: Governo Brasileiro